domingo, junho 08, 2008

PJ* ou pura ignorância

Aqui há uns dias fui a uma conferência, e qual não é a minha perplexidade, quando a advogada que estava a introduzir a principal oradora, virando-se para a plateia diz que "agradece penhoradamente" a presença da oradora, que mais que uma ilustre blá blá, a treta do costume.

Eu ouvi penhoradamente, para aí umas três vezes, até sussurrar para a Dani e perguntar-lhe: "tu ouviste o mesmo que eu? Isto é gaffe ou é alguma *private joke?" (acho que é gaffe)...

Depois de muito pensarmos sobre penas de substituição, artigo 371ºA, novo regime do CPP, constitucionalidade e inconstitucionalidade, eis que vamos para a cafezada da praxe, e no meio das Carlsberg e das empalhadas, dispomo-nos finalmente a discorrer sobre a questão:
"Penhoradamente? Mas ela penhorou alguma coisa para que a outra pudesse conferenciar?"; "Possivelmente fez confusão com dar em penhor ou empenhar, com penhora e penhorar... sabes como é penhoradamente por empenhadamente"; "Mas isto é alguma raça nova de private joke, para nos deixar à nora, ou a loira é mesmo loira?"; "Acho que é loira!".

E pois que me lembrei que já não era a primeira vez que alguns pobres coitados tentavam desgraçadamente brilhar em público. Que dizer do presidente anualmente reeleito (ninguém se chegava à frente) de uma determinada associação cultural, que quando se dirigia aos convivas, num qualquer repasto, começava sempre por "Agradecer encarceradamente a presença de todos!"... enfim...

Pura ignorância.

9 comentários:

Mary Birth disse...

LOL
...ignorância na sua forma mais pura, ou seja, resultado de uma mente que acha que fala, mas, coitada da oxigenada, não sabe. Na hora em que ela se aperceber do erro vai correr para o frigorífico sacar do balde de gelado gigante e põe o Titanic a passar em modo "loop", vestida com um pijama foleiro e pantufas de peluche... pelo menos é assim que eu imagino.

Peace!

Garras disse...

Quem le isto ate pensa que nunca estive4ste no algarve a ouvir atentamente as nao raras calinadas (senao mesmo baboseiras) que se dizem por aqui!

Bjs

Trindade disse...

ehehheh "encarceradamente" é fabuloso!!

Anónimo disse...

derivação de penhorado

penhorado

adj.,
em que recaiu penhora;
muito grato, reconhecido;
s. m.,
indivíduo em cujos bens recaiu penhora.


Eu não sabia! Parece que a senhora estava correcta :P

Anónimo disse...

E a minha mãe é loira! Sempre achei que as loiras burras, são as morenas pintadas :P

durkheim disse...

O moribundo teve bem, mas duas partes!

Alguma coisa contra louras?! bem...

sethyoder disse...

duplos sentidos são f*d*d*s :P
gostei mm da parte do encarceradamente...:P ehehe

bj

medusasss disse...

lolololol
A ignorante sou eu! :)
Ora bolas! Nunca mais faço um post sobre calinadas sem consultar o dicionário! tsc tsc

Mas encarceradamente é mesmo ignorância, ok! O post cumpriu o objectivo!
***

Moribundo, nada contra loiras, muito menos contra a tua mãe! Claro que concordo contigo, as pouco abonadas de inteligência são as que pintam o cabelo! :p
***

Rita disse...

Pois eu agradeço encarceradamente estas belas gargalhadas que me "providenciaste"...
Jokas