quarta-feira, junho 11, 2008

Adenda

Afinal o governo já chegou a acordo com a Antram (Associação Nacional dos Transportes Rodoviários de Mercadorias). Segue um excerto da notícia do público on-line:


"A Associação Nacional dos Transportes Rodoviários de Mercadorias (Antram) e Governo chegaram esta tarde a acordo sobre medidas de apoio ao sector para compensar o aumento dos preços dos combustíveis.
Desconhece-se ainda se os organizadores da paralisação de camionistas vão aceitar o acordo alcançado esta tarde, após seis horas de negociações no Ministério dos Transportes.
Ao início da tarde, representantes da comissão organizadora do protesto abandonaram o edifício, anunciando que iriam comunicar aos piquetes de greve a proposta de Governo, remetendo para as próximas horas uma decisão."

8 comentários:

Mary Birth disse...

Por um lado, acho justo este tipo de manifestações, a sério, não pode ser só o Futebol a chamar a atenção. Gostava mesmo que o país ficasse à rasca com isto... de uma maneira extrema, a sério, tipo calamidade! Mas até tremo, só de pensar como é que eu teria de lidar com isso...
É mesmo à Português, ser-se choramingas ("Ai, e agora?")... espero mesmo que seja decretado estado de sítio, só para abanar isto!!

Peace!

durkheim disse...

completamente de acordo com os senhores camionistas :P so é pena nao ter gasolina no meu carro e nao haver na zona, mas isso é o menos...

sethyoder disse...

se bem percebi isto é uma greve organizada pelos patrões, mas feita pelos empregados...uuhm, algo de estranho, já não basta trabalharem para eles e ainda têm de fazer o trabalho sujo deles! nice, acho q vou querer ser patrão no futuro...

bem, vamos la ver se isto muda alguma coisa, dúvido, mas....nunca se sabe ;)

bj

Mokas disse...

Sim, finalmente uma greve que Abana realmente a estrutura. Gostava é que tivesse tido melhores resultados nas negociações...

Sadeek disse...

É lecas.....pessoal que concorda com os camionistas?! Por prejudicarem outros?! E se cada um entendesse promover o "terrorismo" (porque foi o que eles fizeram) so porque se sentia injustiçado?!

E se o pessoal em vez de se queixar apresentasse alternativas?! Ou fosse mais eficaz e produtivo?!

É pena um gajo neste país só ser reconhecido se der alguma coisa a alguém....

Deus me livre....

BEIJOOOOOOOOOOOOS

medusasss disse...

Sadeek, esqueces-te de uma coisa muito importante: o direito universal e constitucionalmente protegido de fazer greve!

É óbvio que o sector dos transportes pode todo entrar em greve que nós nada podemos fazer a não ser aguardar os resultados das negociações!

Agora o que está errado é acções terroristas para obrigar quem não o deseja a fazer greve.

E caso o Sadeek não saiba, este governo não negoceia com ninguém a não ser em última instância. O sector já vinha há meses a queixar-se das dificuldades de subsistência devido à escalada no preço dos combustíveis!

Acho muito estranho que toda a gente ache muito normal os professores e os funcionários públicos entrarem em greve... será porque os efeitos dessas greves não são tão graves? Pensem um bocado na função das coisas!

Apenas lamento que a greve tenha sido ilegal no sentido em que não houve o mínimo respeito pelos serviços mínimos, que é um irredutível limite do direito de greve, mas eu devo ser estúpida, porque ainda não ouvi ninguém falar disto.

Sethyoder, a greve pode ter sido ordenada pelos patrões, mas quem conhece a realidade dessas pequenas e médias empresas sabe que costumam ser grupos coesos, em que os próprios patrões são camionistas e trabalham a par com os restantes trabalhadores. Não é que seja bonito ou edílico, mas se a empresa falir, ficam todos sem emprego, no fundo defendem interesses comuns!

Beijinhos para todos

Garras disse...

Posso ver isto de dois lados diferentes...Um facto é que ficamos sem "basic life suport" com esta coisa toda...mas nao axas que so mesmo assim é k isto se fez sentir ??

Falaste na funcao publica e professores (e muito bem) mas a realidade é que nao se sente na pele desta maneira como se fez sentir a greve dos transportes !

Concordo que a greve deles é ilegal mas como ja disse, so mesmo assim é k se sente os efeitos!

bjocas

Su disse...

1.º- o Zé povinho português ameaça ameaça e depois acaba sempre com o rabinho entre as pernas.
2.º - isto vai acabar por sobrar é para nós, pois se baixam os preços para as transportadoras alguém vai ter que pagar e quem vai ser? Hummmm...
3.º - Vamos chegar a um ponto em que voltaremos aos velhos tempos, e só os ricos vão poder andar de carro. Pode ser uma visão utópica mas sinceramente não vai andar muito longe disto.

Ahhhh, e agora vem a história da falta de cobrança dos 21% na portagens da Lusoponte. O Governo diz que vai suportar... mais uma vez... e vamos voltar novamente ao reinado do Dr. Guterres. Em que suporta tudooooooooo, e depois ficam as dívidas que são pagas por aqueles que nunca deixarão de ser miseráveis.